21.2 C
Guarapari
terça-feira, maio 24, 2022

Familiares fazem protesto após morte de homem ocorrido em perseguição policial

Os familiares de Reginaldo Alves Porcino, de 28 anos, realizaram uma manifestação no Trevo da BR 101, no final da tarde desta quarta-feira (11/05/2022) e interditaram o acesso à BR-101 pela rodovia Jones Santos Neves, no km 335.

O jovem morreu na noite do último domingo (08/05/2022) após fugir de uma perseguição policial que começou na Rodovia do Sol, em Vila Velha, e terminou no viaduto próximo a rodoviária de Guarapari.

De acordo com a PM, Reginaldo roubou o carro de um motorista de aplicativo em frente ao Terminal de Campo Grande, em Cariacica, e fugiu em direção a BR 262. O veículo tinha rastreador e a localização foi passada a polícia, que visualizou o carro em Vila Velha e teve início a perseguição policial.

Ainda segundo a PM, Reginaldo furou vários bloqueios, jogou o carro contra militares e ainda atirou na direção deles, que revidaram. Ele só parou o carro após bater o carro embaixo do viaduto do Trevo da BR, em Guarapari.

Reginaldo ficou ferido e foi encaminhado até a UPA do Ipiranga, onde morreu horas depois. Os familiares alegam que Reginaldo é esquizofrênico e teria tido o surto.

A família questionou a ação da Polícia Militar, que resultou na morte de Reginaldo. A PM informou que dentro do veículo foi encontrado um revólver calibre 38 com três munições intactas e duas deflagradas. Segundo informações da polícia, Reginaldo havia conseguido o benefício da saída temporária do Dia das Mães.

Os manifestantes atearam fogo e a rodovia Jones dos Santos Neves ficou bloqueada. Somente às 18h16 a pista foi liberada para o tráfego.

PUBLICIDADE 1

PUBLICIDADE 2

PUBLICIDADE 3